Nova base do Samu de Praia Grande é entregue à população

Unidade do Maracanã agilizará atendimentos de urgência e emergência na Cidade

Data de publicação: 10/8/2023

Por Rodrigo Herrero

Praia Grande amplia os atendimentos de urgência e emergência com a inauguração da nova base descentralizada do Serviço Móvel de Urgência e Emergência (Samu). Localizada no Bairro Maracanã, a unidade foi entregue à população em evento realizado na manhã desta quinta-feira (10) e já está em funcionamento.

O equipamento se junta às outras três bases já existentes nos bairros Samambaia, Quietude e Boqueirão, compondo uma das estruturas mais completas do Estado no atendimento de urgência e emergência. “Com essa quarta base estamos descentralizando o serviço do Samu, chegando mais próximos da população nos bairros, com um atendimento mais rápido e de maior qualidade para os moradores da Cidade. Também estamos oferecendo um equipamento estruturado para o trabalho dos nossos profissionais de saúde”, afirmou a prefeita Raquel Chini durante a cerimônia de entrega da nova base.

A unidade do Maracanã fortalecerá ainda mais a estrutura de Saúde de Praia Grande, aumentando o acesso da população de todas as áreas da Cidade e agilizando os atendimentos de urgência e emergência em Praia Grande. “Esse equipamento vai proporcionar a ampliação dos serviços pré-hospitalares do Município, reduzindo ainda mais o tempo-resposta das chamadas do Samu. Com isso, seguiremos aprimorando vez mais a qualidade dos serviços ofertados à população”, declarou o secretário de Saúde Pública de Praia Grande, Cleber Suckow Nogueira.

Estrutura – A nova base descentralizada possui instalações modernas que proporcionam maior conforto aos trabalhadores. A área total da base é de 855 metros quadrados, com 121 metros quadrados de área construída de edifício e outros 333 metros quadrados de área de estacionamento.

O local possui duas salas de repouso, copa, almoxarifado, sala de rádio, sala de convivência, área de limpeza e de expurgo. Contemplam ainda 16 vagas de estacionamento para as ambulâncias e duas para veículos da Defesa Civil.

O novo equipamento contará inicialmente com duas ambulâncias e 16 profissionais, sendo oito responsáveis técnicos e oito condutores, que vão se revezar nos plantões. O Município aumenta, assim, a sua frota para um total de 11 ambulâncias e uma motolância. A Cidade conta também com sete Unidades de Transporte de Saúde (UTS) para o transporte e remoção de pacientes que atendem critérios específicos, como estarem acamados ou ainda serem oxigênio dependentes. Os atendidos devem possuir laudos para usufruírem do serviço.

“Nós iniciamos os atendimentos da nova base do Samu com duas ambulâncias de nossa reserva técnica e aguardamos o envio pelo Ministério da Saúde de mais cinco viaturas, sendo quatro básicas e uma avançada, para ampliar ainda mais o atendimento do Samu no Município”, comentou Nogueira.

Localização estratégica – Situada na Rua Mario Daige, n° 836, a base do Samu no Maracanã fica atrás da Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros, sendo fundamental para o atendimento de casos mais complexos. O ponto estratégico em que está localizada proporcionará uma maior proximidade e entrosamento entre os serviços, ampliando a capacidade de atendimento à população fixa do entorno e também à demanda flutuante de turistas que incrementam o número de pessoas na Cidade.

“O Samu veio a agregar não só à Defesa Civil como ao Corpo de Bombeiros, pois aqui nós funcionamos como um sistema. A Defesa Civil atua nas emergências de desastres naturais, alagamentos, inundações, e pode ocorrer algum acontecimento que envolva a população na parte da Saúde. Então, essa sinergia do sistema será aumentada em prol dos munícipes”, disse o diretor da Defesa Civil de Praia Grande, Luciano Gomes Souza.

A percepção é compartilhada pela tenente-coronel Regiani Rocha Silva Pereira, comandante do 6º Grupamento do Corpo de Bombeiros da Baixada Santista e do Vale do Ribeira, que também participou da cerimônia de inauguração da unidade. “A nova base melhora o tempo de resposta do atendimento às ocorrências e a integração do Corpo de Bombeiros com o Samu que já era boa ficará ainda melhor. Os munícipes têm a ganhar, vidas serão salvas com esse pronto-atendimento de qualidade”, destacou.

Urgência e Emergência – Além das bases descentralizadas do Samu, Praia Grande conta ainda com três unidades que são referências para os atendimentos de Urgência e Emergência na Cidade e formam uma das estruturas mais completas da Baixada Santista neste setor. São elas: o novo Pronto-Socorro Central, no Bairro Guilhermina, e as Unidades de Pronto-Atendimento (UPAs) dos bairros Quietude e Samambaia.

Ano da Saúde – Completando 56 anos em pleno desenvolvimento, Praia Grande celebra o ano de 2023 com ações que buscam oferecer mais qualidade de vida para toda a população. Com o tema ‘Mais Saúde, Mais Vida’, a Cidade intensificou o desenvolvimento de diversas ações de promoção à saúde ao longo de todos os meses deste ano.