Drones passarão a ser usados em ações da Defesa Civil

Tecnologia pode auxiliar o trabalho em locais de difícil acesso

Por: LUDMILA PILIPAVICIUS | 15/03/2024

Fotos Fred Casagrande / Prefeitura de Praia Grande

Uma nova ferramenta deve começar a ser utilizada pela Coordenadoria de Proteção e Defesa Civil de Praia Grande em ações de vistoria que acontecem na Cidade: os drones. Graças a um trabalho conjunto com a Guarda Ambiental, que integra a Guarda Civil Municipal (GCM), na última terça-feira ((12), equipes da Coordenadoria e da Secretaria de Urbanismo (Seurb) acompanharam um sobrevoo em um edifício localizado no Bairro Solemar.

 

A ação foi sugerida pela Defesa Civil através do Engenheiro Civil Luiz Eduardo Haydn Credidio, responsável pela vistoria técnica e elaboração do relatório. De acordo com o diretor da Defesa Civil na Cidade, Luciano Gomes Souza, foi avaliar de que forma essa ferramenta tecnológica pode auxiliar nas ações que são feitas pelas equipes. “Com o uso do drone conseguiremos acessar locais que poderiam oferecer risco aos técnicos, portanto teremos mais segurança nas ações. Além de facilitar o registro de imagens e nos fornecer outras informações importantes”. Com o equipamento é possível verificar as condições das estruturas dos imóveis e até mesmo constatar se houve eventuais invasões, direcionando de forma mais precisa as medidas que precisam ser tomadas pela Administração Municipal.

 

O prédio vistoriado foi utilizado na ação como um teste, já que o acesso aos pavimentos está bastante restrito e por isso se adequa bem ao que os técnicos precisam para avaliar a eficácia da ferramenta. A Secretaria de Urbanismo já vem acompanhando a situação do imóvel.

 

Para o inspetor da Guarda Ambiental, Rogério Barbatano Marques, a capacidade de realizar inspeções mais precisas em menos tempo e reduzir o recurso humano que seria exposto aos riscos é a principal vantagem do uso do drone nesse tipo de trabalho. “Já estamos inclusive preparando uma capacitação voltada às equipes da Defesa Civil para que também passem a utilizar a ferramenta sempre que for necessário”.