Prefeitura de Praia Grande tem projeto para implantação de coletores para bitucas de cigarro

Município busca patrocinador para colocar projeto em prática

Por: PEDRO SBRAVATTI | 01/03/2024

Nesta primeira etapa serão 50 coletores que ficarão em locais de alta circulação de pessoas da Cidade
Nesta primeira etapa serão 50 coletores que ficarão em locais de alta circulação de pessoas da Cidade

 

As bitucas de cigarro estão com os dias contados em Praia Grande. A Prefeitura possui um projeto para a implantação de coletores deste resíduo em diversos pontos da Cidade. O Município busca um patrocinador para colocar a ação em prática o mais rápido possível. Empresas interessadas em colaborar com a iniciativa devem entrar em contato com a Secretaria de Meio Ambiente (Sema) local através do telefone: (13) 3496-5738.


De acordo com o projeto da Prefeitura de Praia Grande, coordenado pela Sema, nesta primeira etapa serão 50 coletores que ficarão em locais de alta circulação de pessoas como as avenidas Costa e Silva, Presidente Castelo Branco (orla da praia), em frente ao Paço Municipal e unidades de saúde, entre outros locais. 


As bitucas de cigarros são descartadas de forma irregular nas vias públicas por parte de alguns fumantes. A atitude inapropriada coloca em contato com o meio ambiente esse produto que libera cerca de 8 mil toxinas do cigarro. O resíduo altamente contaminante, invariavelmente, acaba através da drenagem indo parar no mar, sendo considerado o causador ou colaborando para a morte de animais marinhos, além da piora do índice de balneabilidade das praias.


“A meta da Prefeitura de Praia Grande é reduzir o impacto que as bitucas de cigarro causam no meio ambiente. A Administração Municipal está dando mais este passo e fazendo a sua parte. Mas é preciso que as pessoas que são fumantes colaborem e depositem as bitucas nesses coletores que serão instalados. Sem essa participação, o projeto não atingirá seu objetivo”, adiantou o secretário de Meio Ambiente praia-grandense, Paulo Eduardo dos Santos Martins.


Celulose - Outro destaque do projeto diz respeito ao destino final destes resíduos. A empresa vencedora do edital de chamamento público relacionado a ação realizará a recolha e o tratamento das bitucas. O material voltará ao mercado em forma de celulose, que poderá ser utilizada na confecção de agendas, por exemplo.


“A Prefeitura de Praia Grande tem se dedicado para ampliar as ações sustentáveis e ambientais em nossa Cidade. O projeto de implantação dos coletores de bitucas de cigarro é mais uma iniciativa que segue essas diretrizes. É importante deixar claro que esta ação não tem nenhum custo para a Administração Municipal, sendo bancado 100% pela iniciativa privada. Trata-se de uma medida que também incentiva a economia circular no Município, conceito econômico ligado ao desenvolvimento sustentável”, disse o secretário.